Departamento de comunicação BMI Portugal

A BMI acaba de se tornar parceira da Associação Passivhaus Portugal

A parceria entre a BMI e a Passivhaus Portugal representa o reconhecimento da aposta na sustentabilidade das nossas soluções
Download como .PDF

BMI é parceira da Associação Passivhaus Portugal

Associação reconhece sustentabilidade de soluções BMI

A BMI acaba de se tornar parceira estratégica da Associação Passivhaus Portugal, organização criada em 2012, no seguimento da estratégia definida pela Homegrid e pelo Passivhaus Institut para a implementação e desenvolvimento do conceito Passivhaus no nosso país.

Esta parceria entre a BMI Portugal e a Associação Passivhaus Portugal representa o reconhecimento da eficiência das soluções BMI para coberturas inclinadas e planas, nomeadamente pelo desempenho na sustentabilidade energética e ambiental, que está na base de todo o conceito Passivhaus.

Carlos Hernandez, CEO BMI Portugal, Espanha e Itália explica que a estratégia da BMI, quer a nível nacional quer nos restantes países onde está presente, “é ir além da produção de coberturas”, oferecendo “sistemas completos que permitam responder aos desafios da construção eficiente e sustentável”. O mesmo responsável sublinha que “a BMI não é apenas uma gama de produtos, mas também um manancial de conhecimento que é partilhado pelos seus técnicos em múltiplas ações de aconselhamento durante o processo construtivo”

Os sistemas de cobertura BMI inserem-se na lista de critérios enumerados pelo conceito de construção Passivhaus e contribuem para o cumprimento dos seus apertados requisitos. Pedro Abrantes, Diretor Comercial da BMI Portugal, destaca os sistemas BMI Tectum® Pro e BMI Tectum® First, que já têm prestações de eficiência energética que possibilitam apresentar um consumo energético quase nulo, e sublinha que a conformidade com os critérios Passivhaus “decorre da adoção de materiais tecnologicamente avançados e sustentáveis, de elevadas prestações a nível de isolamento, com uma resistência térmica entre 30% e 50% superior aos materiais tradicionais e consequente eficiência energética; impermeabilização com estanquicidade ao vapor de água e ventilação; e novos acabamentos macho-fêmea que melhoram a resolução das pontes térmicas”.

João Marcelino, presidente da direcção da Associação Passivhaus Portugal, salienta: “É com extrema satisfação que recebemos a BMI na rede Passivhaus em Portugal, uma vez que se trata de um grupo que dispõe de soluções construtivas totalmente em linha com o elevado desempenho exigido pela Passivhaus. Este fortalecimento da rede Passivhaus é fundamental para continuar a fazer crescer o conceito em Portugal e com isso melhorar a qualidade do parque edificado em Portugal.”